Microfranquias – Seu negócio com baixo investimento

Reproduzo abaixo o artigo que escrevi para o site Nilópolis Online, onde falo do crescimento das franquias e microfranquias neste primeiro semestre de 2018 e como proceder para ter uma microfranquia:

Em sua edição do dia 1° de julho de 2018, o Jornal do Brasil divulgou notícia em que a Associação Brasileira de Franquias (ABF), realizou estudo em que estima que o setor teve um crescimento de 17% nos seis primeiros meses deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Na contramão da crise que ainda tem seus efeitos sentidos pela maioria dos setores da economia brasileira, o número é mesmo para comemorar. Franquias sempre foram um bom modelo de negócio para empreendedores, principalmente aqueles com um bom capital para investir. Porém, a realidade está mudando. O que antes era um oásis distante para empreendedores com recursos modestos para empatar em um negócio, passou a ser uma realidade possível com as microfranquias.

Microfranquias, porta aberta para um negócio promissor

Para quem quer iniciar um negócio a partir de um modelo e sem gastar muito, as franquias de baixo investimento ou microfranquias são uma excelente opção. Além de não exigir um capital inicial muito alto, muitas delas oferecem opções para que o franqueado trabalhe a partir de sua própria casa, em um quiosque ou em outro espaço comercial de pequeno porte.

Porém, é bom que se reflita, franquias, assim como todo outro tipo de negócio, requer muita dedicação e trabalho para que os resultados aconteçam. A grande vantagem de ser um franqueado é que a franquia já testou o negócio, criou um modelo de gestão e de expansão (muitas oferecem treinamento e suporte detalhado para seus franqueados), sempre em um processo de melhoria. E seguindo sempre as orientações do franqueador, não restam dúvidas que as chances de sucesso são bem maiores.

Caso queira investir pouco em uma microfranquia, é só procurar na internet por franquias de baixo investimento ou microfranquias, e escolher a que esteja mais próxima de seus talentos, vocações e, principalmente, capital para investir. O resto é empenho, dedicação, foco e trabalho… muito trabalho.

AUTOR:

LUIS PIMENTA

Jornalista, Radialista, Escritor e Palestrante

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *